O aplicativo FaceTime pode proporcionar uma nova visão ao mundo da fotografia

A popularização do FaceTime repercutiu no mundo todo devido a pandemia do novo coronavírus. Ele foi criado pela Apple em 2010, porém, só agora o aproveitamento do aplicativo foi elevado a um patamar maior do que o projetado em sua origem.

A principal utilidade da ferramenta exclusiva do sistema IOS é a realização de chamadas de vídeo com a possibilidade de reunir até 32 pessoas. É necessária uma boa conexão Wi-fi ou pacote de dados para uma melhor qualidade de imagem e áudio. 

De modo a respeitar o isolamento social recomendado pela OMS (Organização Mundial da Saúde) e continuar a trabalhar, os fotógrafos estimularam a criatividade e encontraram uma nova função para o App, assim, surgiram os ensaios de fotos à distância, algo que dificilmente imaginaríamos fora de um cenário de pandemia. 

Tanto o fotógrafo quanto a modelo devem usar os aparelhos da Apple, como o Iphone, Mac ou Ipad e vale lembrar que a comunicação para este tipo de trabalho é essencial, já que a modelo deve posicionar a câmera do seu aparelho ajustando-o ao ângulo escolhido pelo fotógrafo proporcionando que ele faça a melhor foto. Mesmo com a dificuldade inicial, o resultado pode trazer fotos extremamente inovadoras, posições originais e locais improváveis para um ensaio.

Com diversas fotos publicadas pela revista Vogue Itália, o fotógrafo Henrique Oliveira, conhecido como “Henriique”, de 36 anos, contou sobre sua experiência com o FaceTime “Todo fotógrafo(a) que tentou fazer algum ensaio virtual percebeu a necessidade de saber dirigir as pessoas durante uma sessão fotográfica. Agora não é só entender de luz, composição fotográfica e ter boa criatividade, têm que saber como explicar essas informações para a pessoa que você está fotografando, afinal, ela que está no controle da câmera, da luz e dos objetos em cena.”

Ensaio virtual de Henrique Oliveira via FaceTime com a modelo Gabriela Rubas (@gabi_rubas) 

A situação de distanciamento social exigiu uma nova postura para os profissionais de fotografia, segundo Henriique. “Dirigir um(a) modelo não é muito levado em consideração quando se começa a fotografar, até mesmo pessoas que já trabalham com isso a muito tempo, não se importam muito. Esse é o motivo de termos tantas fotos no Instagram com as mesmas poses, mudando apenas o modelo ou o plano de fundo. Então, eu acho que um dos pontos positivos de se fotografar com essa ferramenta é poder ter a chance de ser forçado a estudar mais sobre fotografia como um todo.” finalizou.

#facetime #fotografia #iphone# #apple #vogue #glamour #foto #ios #camera #criatividade #aplicativo #app #fotos

@Henrique Miguel

@Henrique Miguel

Estudante de Jornalismo, desde cedo admirado com o poder da informação na vida das pessoas

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Canva

O Canva é uma excelente plataforma de design gráfico que aos poucos caiu no gosto popular conquistando até mesmo aqueles que nunca sonharam criar um

Continuar lendo

BioCidades

Nunca imaginamos que um organismo acelular, um vírus, chamado por alguns cientistas de “entidade”, provocaria tamanha transformação na dinâmica da vida entre todos os outros

Continuar lendo

Gostou dos nossos serviços?

Entre em contato

(13) 3288-1886

Avenida: Ana Costa, 374, 112

Siga nossas redes

Êxodo © 2019. Todos os Direitos Reservados.

×